Atendimento Médico Pré-Hospitalar

2 formas de reduzir a sinistralidade da sua Unimed

Os gastos das operadoras de saúde aumentaram mais de um terço entre janeiro e maio de 2021. Este dado foi levantado pela Associação Brasileira dos Planos de Saúde (Abramge).

Dois fatores contribuíram para este crescimento: a segunda onda de infecção pelo vírus Sars-CoV-2 e o retorno das pessoas aos consultórios, para realização de procedimentos médicos de rotina. Esse aumento não afeta apenas as operadoras de planos de saúde, mas também dói no bolso dos brasileiros que se utilizam dos serviços médicos dessas companhias.

E, se eu te dissesse que, mesmo diante deste cenário pandêmico, existem formas da sua Unimed reduzir a sinistralidade? Mas, antes de te explicar como, tenho uma pergunta para você, gestor Unimed: A sua Singular oferece aos seus beneficiários o serviço de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) móvel, também conhecido como SOS?

O APH é um serviço extremamente útil e importante para o beneficiário e também para a Unimed. Ele é responsável por frear a evolução dos danos em uma vítima de um mal súbito, por exemplo.

Nos últimos anos, acompanhamos a movimentação de diversas cooperativas migrando o seu APH, de Recursos Próprios, para o modelo de gestão compartilhada. Afinal, este serviço quando realizado por uma empresa especialista, que possui expertise no assunto e entende do Sistema Unimed, é capaz de contribuir para que a sinistralidade da Singular diminua de duas formas:

1) Aumentando a eficiência operacional

a) Ao realizar o atendimento médico pré-hospitalar móvel com agilidade e segurança, evitamos uma possível sequela parcial ou total no paciente. Isto é, podemos evitar que ele fique acamado e precise seguir o tratamento na modalidade home care, por exemplo. O que geraria altos custos para a Unimed.

b) Ao executar uma orientação médica por telefone, evitamos o deslocamento desnecessário do beneficiário ao pronto atendimento ou hospital.

2) Aumentando a receita

A sua Unimed transforma um serviço em PRODUTO, gerando RECEITA com a comercialização do SOS Unimed.

Como:

a) À medida em que a venda do SOS Unimed aumenta, a diferença entre custo e ganho é achatada. Quando a venda ultrapassa os gastos, a sua cooperativa passa a ter lucro com o serviço de SOS.

Segredos revelados! Quais estratégias impulsionam as vendas?

Somente nos últimos dois anos, a Medilar dobrou o número de bases operacionais, expandindo seu raio de atuação para vários pontos do Brasil. As ações comerciais para aumento de receita das Cooperativas Unimed são sem dúvida, grandes pontos de destaque, conforme nos conta o Gerente Comercial da Medilar, Nicolau Araújo. “Nesses mais de 23 anos, a Medilar acumulou expertise no Atendimento Pré-Hospitalar Móvel, com gestão eficiente de recursos e criteriosos processos de qualidade, o que se traduz em economia para as cooperativas parceiras”.

“O segredo é a transparência do modelo de venda para o cliente final, com materiais detalhadamente desenvolvidos pela Medilar. Esse enxoval publicitário impacta o consumidor e gera alto índice de adesão durante as campanhas”, diz Nicolau.

Nicolau Araújo Lacerda – Gerente Comercial na Medilar

O apoio do time comercial da Medilar às ações que as Unimeds promovem são pilares importantes e que determinam o sucesso das vendas entre os beneficiários. “Promovemos treinamento técnico do produto, elucidando as regulamentações, argumentos de venda e diferenciais competitivos que o SOS Unimed proporciona para a Cooperativa. Este treinamento e as reciclagens anuais não são apenas para a área comercial da Unimed, mas para todos os departamentos, pois acreditamos que o engajamento dos colaboradores contribui substancialmente para a solidificação do serviço”, completa.

Clique aqui e saiba mais sobre o SOS Unimed/Medilar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: