A pandemia que nos assolou durante os dois últimos anos deixou um rastro de dor em toda a população, afinal, milhares perderam suas vidas em razão do vírus. Mas, ao mesmo tempo em que gerava preocupação, esse grande mal também evidenciou a importância de especialidades que pareciam estar restritas a um pequeno campo de atuação. Foi o caso da fisioterapia, que viu sua importância crescer exponencialmente aos olhos de toda a população, após a explosão de internações em decorrência do coronavírus.

Embora constantemente associada a questões motoras, como lesões, fraturas e reabilitações físicas em geral, a fisioterapia está presente em praticamente todos os setores de um hospital. Aliás, sua atuação é obrigatória em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva), realizando ventilação mecânica, prevenção de doenças circulatórias, dentre diversos outros cuidados.

“O acometimento respiratório dos pacientes internados em UTIs por conta do vírus, fazia do profissional fisioterapeuta uma das peças mais importantes no time multidisciplinar, pois cabe a este profissional algumas fases importantes da internação, como auxiliar a equipe médica na intubação, extubação, controles dos aparelhos ventiladores, entre outros. Também estamos experimentando um grande fluxo de pacientes que receberam alta, mas por complicações do Covid-19, necessitam de recuperação e fisioterapia respiratória”, explica o Gerente Operacional da Medilar, Erlon Santana.

Em razão dessa importância crescente, não somente no atendimento hospitalar, mas também no Home Care, e sentindo a necessidade que as Unimeds externavam, a Medilar criou um produto específico para atender a essa grande demanda, a gestão da Fisioterapia Medilar.

“Sabemos que o trabalho do fisioterapeuta não termina no hospital. Entendemos a importância dele, agora mais do que nunca, também na Atenção Domiciliar e conseguimos atender a essa demanda em benefício das Unimeds. O time de fisioterapeutas atua na reabilitação motora de diversos tipos de trauma e na recuperação de pacientes com patologias cardiopulmonares e sequelas do Covid-19”, afirma o Diretor Presidente da Medilar, Dr. Marcelo Mattar.

Fisioterapia Hospitalar x Fisioterapia Domiciliar

Completa e operando sob rígidos padrões de qualidade, a Fisioterapia da Medilar é oferecida em duas modalidades: Fisioterapia Hospitalar e Fisioterapia Domiciliar.

Na primeira modalidade, os profissionais são capacitados para atuarem junto com o corpo clínico da cooperativa, mais especificamente na realização da parametrização, adaptação e monitorização de ventilação mecânica (invasiva e não invasiva), no desenvolvimento de estratégias de terapia de oxigênio, no auxílio da intubação, na reabilitação cardiopulmonar e motora, entre várias outras atividades.

“Atuamos nas UTIs principalmente com a parte respiratória, sendo que nossos profissionais são em sua totalidade pósgraduados em Fisioterapia Intensiva, pois somos nós quem damos o direcionamento juntamente com a equipe médica para determinar as estratégias que serão utilizadas para a recuperação pulmonar e também somos a equipe que manuseia com maior habilidade os equipamentos de alta performance (Ventiladores Mecânicos, Bipaps e Cpaps) utilizados para reabilitação pulmonar. Já nas enfermarias do hospital, além de dar continuidade na linha do cuidado dos pacientes que advém das UTIs, também atuamos no pós-cirúrgico de todas as áreas e outros casos de internação, visando sempre à recuperação da funcionalidade respiratória e motora deste paciente”, comenta a Supervisora de Fisioterapia da Medilar em Campinas, Maria do Carmo Silva Fruet Alves.

Ainda segundo Maria do Carmo, a razão do sucesso da Fisioterapia Medilar na Unimed Campinas torna-se a cada dia mais evidente. “Nosso diferencial é trabalhar somente com profissionais capacitados, bem treinados e sempre motivados para prestar o melhor atendimento possível”, finaliza.

Fisioterapia Medilar na Unimed Campinas, um case de sucesso

O atendimento da fisioterapia da Medilar na Unimed Campinas teve início em 2019, e, desde então, o crescimento foi bastante acentuado. Em 2021, a pedido da Singular campineira, o serviço realizado no Hospital da Unimed foi expandido para o Home Care, iniciando então a fisioterapia domiciliar.

A consolidação do sucesso desse serviço se deu recentemente, quando a Unimed Campinas concedeu nota 4,5 (em uma escala de notas destinada aos prestadores de serviço, que vai até 5) para o produto Fisioterapia Medilar. “A Unimed Campinas é referência em tratamento de saúde de qualidade na região e sendo assim são extremamente criteriosos e exigentes quanto ao trabalho prestado. Uma avaliação tão positiva feita por um cliente tão rigoroso é sempre uma vitória perante o desafio que é conquistar a confiança dessa prestigiada instituição”, comenta a Supervisora de Fisioterapia da Medilar em Campinas, Maria do Carmo Silva Fruet Alves.

Já na Fisioterapia Domiciliar, os fisioterapeutas da Medilar realizam a anamnese do beneficiário e exames físicos para a constatação do diagnóstico. Assim, definem o melhor plano terapêutico para o caso. “Atualmente, nossos fisioterapeutas atuam realizando técnicas de Fisioterapia Respiratória para reabilitação de patologias cardiopulmonares e os casos de pacientes portadores de covid-19 e sequelas adquiridas após o covid. Bem como também atuando com técnicas de reabilitação motora, para diversos tipos de traumas. Esses pacientes são visitados de 1 a 7 vezes por semana dependendo da avaliação de nossos fisioterapeutas em conjunto com os fisioterapeutas da Unimed responsáveis por discutir cada caso”, explica o Supervisor do Home Care Medilar (ADUC), Vinícius Machado Rodrigues.

Atualmente, os times de fisioterapia da Medilar atendem cerca de 100 beneficiários da Unimed Campinas por dia, na modalidade Home Care. “Contamos com profissionais engajados na melhora do paciente. Atendimento Humanizado. Técnicas bem executadas. Por fim, nossos objetivos são alcançados”, finaliza Rodrigues.

Share this post

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: